• Arte Decorações - Noelha

Tecidos Geométricos: Versatilidade Com História


Os tecidos geométricos estão em evidência na decoração e desde o ano passado percebemos muitos ambientes com estampas geométricas, mas o padrão surgiu há muito tempo.

Existem registros do uso dos padrões geométricos nas culturas grega, romana, bizantina e persa, sendo que na Grécia Antiga houve até uma fase em que a arte grega era caracterizada pelos desenhos geométricos que eram aplicados nas cerâmicas.

Atualmente os desenhos geométricos podem ser encontrados nos tecidos e também em papéis de parede, tapetes e capas para almofadas, além de jogos americanos, mochilas, bolsas, colares, móveis e um sem número de outros itens.

Aplicação dos tecidos geométricos.

Os tecidos geométricos são bem versáteis e por isso mesmo são indicados tanto para compor ambiente novos, como para renovar ambientes já existentes, dando um “up” na decoração devido a facilidade que oferecem para formar combinações com os demais elementos.

Um exemplo prático e bem comum é o de utilizar tecidos geométricos para dar leveza a um cômodo sóbrio, seja utilizando um composê de desenhos geométricos e listras coloridas nas almofadas ou aplicando um papel de parede de tecido geométrico.

Já nos tecidos em preto e branco, o geométrico é uma estampa que harmoniza bem tanto com tecidos lisos, como nos tecidos florais.

Outro dado importante sobre os tecidos geométricos é que os mesmos podem compor ambientes variados, desde os mais modernos até os retrôs, passando pelos contemporâneos e levando toques descontraídos ou elegantes para os ambientes, dependendo para isso unicamente da composição das formas e cores escolhidas na padronagem.

Ousadia ou descontração?


Eu concluo reafirmando que os tecidos geométricos funcionam como curingas: quer ousar e modificar completamente um ambiente? Quer levar descontração ou quebrar a “rigidez” de ambientes muitos sóbrios? Use os geométricos e mude seus ambientes.

7 visualizações